A PAIXÃO DE A.

COD. PRODUTO: 9788535919660

R$ 49,90

1x de R$ 49,90 sem juros

Comprar

Informe seu CEP para consultar o valor e o prazo da entrega

Turim, anos 1970. Quatro adolescentes de dezesseis, dezessete anos, levam uma vida de classe média, pacata e sem sobressaltos. Todos são católicos, tocam numa banda de paróquia e fazem trabalho voluntário em um hospital da cidade. É quando aparece Andre, jovem rica, fascinante, desinibida, que reduz a pó a estabilidade do grupo de amigos. Seduzidos pela beleza da garota e pelo mundo completamente diferente no qual ela se move, os quatro amigos aos poucos vão se abrindo para experiências antes impensáveis, o que colocará em xeque suas convicções mais arraigadas, a começar pela fé. Tudo se precipita de modo muito veloz e, a partir de certo ponto, cada um deles seguirá seu rumo — um caminho necessariamente solitário e doloroso, mas também cheio de prazer. A história é narrada por um dos rapazes, protagonista anônimo que registra o desmantelamento da infância quase edênica e a passagem para a vida adulta, feita de incertezas e sofrimento. A descoberta da sexualidade vem acompanhada do mergulho nas drogas, na violência, no suicídio, e a antiga imobilidade cede ao movimento da angústia.

Turim, anos 1970. Quatro adolescentes de dezesseis, dezessete anos, levam uma vida de classe média, pacata e sem sobressaltos. Todos são católicos, tocam numa banda de paróquia e fazem trabalho voluntário em um hospital da cidade. É quando aparece Andre, jovem rica, fascinante, desinibida, que reduz a pó a estabilidade do grupo de amigos. Seduzidos pela beleza da garota e pelo mundo completamente diferente no qual ela se move, os quatro amigos aos poucos vão se abrindo para experiências antes impensáveis, o que colocará em xeque suas convicções mais arraigadas, a começar pela fé. Tudo se precipita de modo muito veloz e, a partir de certo ponto, cada um deles seguirá seu rumo — um caminho necessariamente solitário e doloroso, mas também cheio de prazer. A história é narrada por um dos rapazes, protagonista anônimo que registra o desmantelamento da infância quase edênica e a passagem para a vida adulta, feita de incertezas e sofrimento. A descoberta da sexualidade vem acompanhada do mergulho nas drogas, na violência, no suicídio, e a antiga imobilidade cede ao movimento da angústia.