DE VELUDO COTELÊ E JEANS

COD. PRODUTO: 9788535908138

R$ 58,90

1x de R$ 58,90 sem juros

Comprar

Informe seu CEP para consultar o valor e o prazo da entrega

De veludo cotelê e jeans é uma saborosa coletânea de crônicas autobiográficas escritas por um dos maiores humoristas americanos da atualidade. COm seu estilo descontraído e impiedoso, David Sedaris nos faz rir de muitos costumes americanos, das excentricidades de sua própria família e, não menos intensamente, de si próprio.
Nas 22 crônicas deste livro, Sedaris expõe suas inseguranças e compulsões secretas e também sua condição de homossexual e membro de uma família de origem grega, cujas singularidades são esmiuçadas com uma sinceridade muitas vezes irônica mas irresistivelmente engraçada. UM passeio pela neve com a irmã, as férias de verão, o emprego de vendedor de bebidas numa casa de espetáculos, o casamento do irmão, as brigas com o namorado - a lente implacável de Sedaris dá novo foco ao que parecia ser o mais prosaico cotidiano. E Até quando uma das irmãs questiona as histórias envolvendo a família, ele transforma a cena numa crônica.

De veludo cotelê e jeans é uma saborosa coletânea de crônicas autobiográficas escritas por um dos maiores humoristas americanos da atualidade. COm seu estilo descontraído e impiedoso, David Sedaris nos faz rir de muitos costumes americanos, das excentricidades de sua própria família e, não menos intensamente, de si próprio.
Nas 22 crônicas deste livro, Sedaris expõe suas inseguranças e compulsões secretas e também sua condição de homossexual e membro de uma família de origem grega, cujas singularidades são esmiuçadas com uma sinceridade muitas vezes irônica mas irresistivelmente engraçada. UM passeio pela neve com a irmã, as férias de verão, o emprego de vendedor de bebidas numa casa de espetáculos, o casamento do irmão, as brigas com o namorado - a lente implacável de Sedaris dá novo foco ao que parecia ser o mais prosaico cotidiano. E Até quando uma das irmãs questiona as histórias envolvendo a família, ele transforma a cena numa crônica.